Redes brasileiras querem abrir unidades fora do País

As redes Tip Top e a Sóbrancelhas planejam abrir unidades no exterior ainda neste ano. A fundadora e gestora da rede, Luzia Costa, afirma que a rede brasileira de embelezamento do olhar e da face, deve estrear nos Estados Unidos com uma unidade em Miami, no segundo semestre.

Também para o mesmo período, está prevista para um país sul-americano, ainda a ser definido, a primeira unidade internacional da Tip Top, rede de franquias de vestuário infantil. “Estamos no mercado brasileiro há 64 anos, este é o momento para expandir para fora do País”, destaca o gerente de expansão da Tip Top, Ricardo Marcondes.

No ano passado, 134 marcas nacionais abriram unidades em outros países, aponta estudo da Associação Brasileira de Franchising (ABF). Ainda de acordo com a ABF, os Estados Unidos, escolhido por 37 marcas, foram o destino da maioria das franquias que expandiram para o exterior. O segundo mercado com maior procura das marcas nacionais foi o do Paraguai, com 25 marcas. Logo em seguida no ranking da internacionalização brasileira vem Portugal, com 21 redes.

Segundo especialistas, esse ciclo migratório tem a ver com a atual situação do País. Expandir os negócios para o exterior é uma alternativa à retração econômica do Brasil e está no planejamento estratégico de várias marcas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.